Naturalis - Excelência em Qualidade

Hiomega - 3


Voltar

Os Ácidos Graxos Poli-insaturados Omega-3 não são produzidos pelo corpo humano, e por isso, devem ser obtidos por meio da alimentação. O Ácido Graxo Eicosapentaenóico (EPA) é precursor de substâncias anti-inflamatórias (prostaglandinas E3). Além disso, a forma dos ácidos graxos em Triglicerídeos (TG), naturalmente presente nos peixes de água gelada, garante um aproveitamento 70% superior quando comparado à forma dos ácidos graxos em Etil Ester (EE), presentes em outros óleos de peixe.

APRESENTAÇÃO Embalagens com cápsulas de 1000mg

COMPOSIÇÃO Cada cápsula de 1000mg contém um concentrado de Óleo de Peixe rico em Ácidos Graxos Poli-insaturados Omega-3 com alta concentração de EPA, na forma TG.

COMPOSIÇÃO DA CÁPSULA Gelatina Farmacêutica, Glicerina e Água.

MODO DE USAR Adultos: aconselha-se a ingestão de uma cápsula, duas vezes ao dia, antes das principais refeições.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO Conservar ao abrigo de luz, calor e umidade.

ADVERTÊNCIAS

Não contém glúten. Não contém fenilalanina.

"O Ministério da Saúde adverte: Não existem evidências científicas comprovadas que este alimento previna, trate ou cure doenças."

"Pessoas que apresentem doenças ou alterações fisiológicas, mulheres grávidas e lactantes devem consultar o médico antes de consumir este produto."

"Pessoas alérgicas a peixes e crustáceos devem evitar o consumo deste produto."

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. NAKAJIMA K, YAMASHITA T, KITA T, TAKEDA M, SASAKI N, KASAHARA K, SHINOHARA M, RIKITAKE Y, ISHIDA T, YOKOYAMA M, HIRATA K. Orally administered eicosapentaenoic acid induces rapid regression of atherosclerosis via modulating the phenotype of dendritic cells in LDL receptordeficient mice. Arterioscler Thromb Vasc Biol. 2011;31:1963–1972.

2. CAWOOD AL, DING R, NAPPER FL, YOUNG RH, WILLIAMS JA, WARD MJ, GUDMUNDSEN O, VIGE R, PAYNE SP, YE S, SHEARMAN CP, GALLAGHER PJ, GRIMBLE RF, CALDER PC. Eicosapentaenoic acid (EPA) from highly concentrated n-3 fatty acid ethyl esters is incorporated into advanced atherosclerotic plaques and higher plaque EPA is associated with decreased plaque inflammation and increased stability. Atherosclerosis. 2010;212:252–259.

3. MATSUMOTO M, SATA M, FUKUDA D, TANAKA K, SOMA M, HIRATA Y, NAGAI R. Orally administered eicosapentaenoic acid reduces and stabilizes atherosclerotic lesions in ApoE-deficient mice. Atherosclerosis. 2008;197: 524–533.