Naturalis - Excelência em Qualidade

Ferrite


Voltar

O Ferrite® contém Bisglicinato Ferroso, ou seja, ferro combinado com aminoácidos que proporcionam uma maior absorção desse mineral, Ácido Fólico na forma L-metilfolato, que é a forma ativa do ácido fólico, garantindo uma melhor biodisponibilidade do nutriente no organismo e Vitamina B12.  Esses nutrientes são importantes na constituição e formação das células do sangue (hemácias).
Ingredientes: Bisglicinato Ferroso, L-Metilfolato de Cálcio, Cianocobalamina. Agente de Fluidez – Dióxido de Silício, Excipiente – Celulose Microcristalina, Gelificante – Hipromelose, Corante – Clorofila.

Nova formulação: Produto 100% vegetal

APRESENTAÇÃO Embalagem com cápsulas de 200mg

COMPOSIÇÃOCada cápsula fornece, 30mg de Bisglicinato ferroso, 600mcg de Ácido Fólico e 9,4mcg de Vitamina B12.

MODO DE USAR Adultos: Aconselha-se a ingestão de uma cápsula ao dia ou conforme a recomendação do médico ou nutricionista.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO Conservar ao abrigo de luz, calor e umidade.

ADVERTÊNCIAS

Não contém glúten. Não contém fenilalanina.

Cápsula colorida artificialmente.

"Gestantes, nutrizes e crianças de até 3 anos, somente devem consumir este alimento sob orientação de nutricionista ou médico."

"Consumir este produto conforme a recomendação de Ingestão Diária constante na embalagem."

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. WHO/CDC. Worldwide prevalence of anaemia 1993-2005. WHO Global Database on Anaemia. Geneva, World Health Organization, 2008 (http://whqlibdoc.who.int/publications/2008/9789241596657_eng.pdf, acessado em 1 de dezembro de 2012)

2. WHO/UNICEF/UNU. Iron deficiency anaemia assessment, prevention, and cotrol: a guide for programme managers. Geneva, World Health Organization, 2001 (http://www.who.int/nutrition/publications/en/ida_assessment_prevention_control.pdf, acessado em 1 de dezembro de 2012).

3. Haemoglobin concentrations for the diagnosis of anaemia and assessment of severity. Vitamin and Mineral Nutrition Information System. Geneva, World Health Organization, 2011 (WHO/NMH/NHD/MNM/11.1; http://www.who.int/vmnis/indicators/haemoglobin.pdf, acessado em 7 de junho de 2011).

4. INTERNATIONAL ANEMIA CONSULTATIVE GROUP. Report of the 2001 International Anemia Consultative Group Symposium. Why is iron important and what to do about it: a new perspective.Washington, DC, INACG Secretariat, 2002:1-50.

5. LOZOFF B, JIMENEZ E, SMITH JB. Double burden of iron deficiency in infancy and low socioeconomic status: a longitudinal analysis of cognitive test scores to age 19 years. Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine, 2006, 160:1108-1113.

6. MURPHY JF et al. Relation of haemoglobin levels in first and second trimesters to outcome. Lancet, 1986, 3:992-995